VidaNoturna
Em busca do bar perfeito para cada ocasião.

A BALSA


Nós do Vida Noturna, apesar de não escrevermos com tanta frequência quanto deveríamos/gostaríamos (sim eu sei que estamos inadimplentes) sempre estamos em busca de diversos bares e restaurantes. Contudo, de vez em quando, encontramos bares que nem nós mesmos sabemos como descobrimos… principalmente quando não é nem um bar nem um restaurante!!!

– Opa opa opa, mas calma ae, você, como fiel noturno (os seguidores do vidanoturna) sei bem que vocês são críticos de bares e restaurantes… vocês mudaram isso?
– Nãoooo meu caro amiguinho…. por enquanto não mudamos nosso foco mas a grande questão é que, pelas peculiaridades do lugar, e até mesmo por uma definição dos próprios donos da casa, eles não gostam de se chamar de bar. Mas sem mais delongas, vamos acabar com esse mistério e vamos explicar sobre este lugar explendido chamado A BALSA:

FOTO 1

ONDE: Rua Capitão Salomão, 26 – 4° e 5° andar e terraço – Centro, São Paulo – SP, 01034-040
CONTATO: contatobalsa@gmail.com
FACEBOOK: https://pt-br.facebook.com/balsa26
O INICIO
A ideia do local veio do Casal Renata Meinlschmiedt e Elohim Barros que, em uma viajem à Rússia, após uma prazerosa experiência em um pequeno café-bar, perceberam a deficiência de locais semelhantes em SP. Aposto que vocês estão curiosos para saber que tornava tão agradável o lugar? Bom lhes respondo meus caros noturnos, ele ficava no terraço de um prédio, proporcionando um ambiente ao ar livre com uma visão ampla da vizinhança.

E assim, junto a um crescente movimento para revitalizar antigos locais abandonados de São Paulo (como aconteceu com o Riviera Bar)  que iniciou-se a ideia de criar um local parecido em SP. Contudo, apesar do Click do casal, os mesmo nunca tiveram a pretensão de criar um bar/café/restaurante, mas entenderam que seria justo proporcionar um local para as pessoas desfrutarem uma tarde ensolarada com os amigos, nem que de vez em quando… E foi da junção destas ideias que surgiu…. A BALSA

PECULIARIEDADES
– Desde o início acho importante esclarecer que o local NÃO É UM BAR. Mas calma… qual é a diferença? Bom… segundo os próprios donos do lugar, a ideia da BALSA é que as pessoas utilizem a casa do casal para reunir os amigos, fazer jantares, palestras, criticas de filmes, shows, festas particulares… sendo que, a grande diferença, é que ele abre esporadicamente,  e não de segunda à domingo como um bar.
– Outra coisa importante para você saber é que A BALSA não funciona no térreo como um lugar normal. Então prepare o fôlego pois do 1° ao 3° andar do prédio da Capitão Salomão, 26, o local funciona como um prédio comercial normal, apresentando estúdio para exposições, empresas ligadas ao marketing e design e somente no 4° e no 5° andar que é o espaço destinado aos “eventos”.

AMBIENTE
O 4° Andar do prédio, logo após as escadas, à esquerda, situa-se o Bar/Pistas/Palco. Neste andar diversos móveis e enfeites entre estilos modernos e antigos ficam espalhados pelo amplo salão que deve comportar cerca de 100 pessoas. Nas paredes como diversos quadros antigos e luzes espalhadas pelo teto.
FOTO 2
Quanto ao resto da casa, por mais que saiba que você já deva estar cansado pelos outro 4 andares, de uma parada no bar, toma uma cerveja no bar para restaurar as energias e de um pulo no 5° Andar porque vale a pena. É um terraço totalmente aberto, com vista para o Viaduto do Chá, o prédio do Banespa, Edifício Martinelli, o Vale do Anhangabaú e Mosteiro de São Bento, entre outros.

FOTO 3

 

 

 

 

 

 

 

Lá ainda estão dispostas algumas mesinhas, diversas plantas em garrafas de vidro e uma pequena casinha onde são feitos alguns quitutes. FOTO 4No dia que eu conheci o local quem cuidava da cozinha era o chefe Vini Marson, preparando tartines (pão artesanal), em 02 opções: com pesto, tomate assado, queijo serra da canastra OU  de linhaça e castanha do para, coalhada seca e caponata. O prato era modesto (nem grande nem pequeno) e cada um saia por R$ 15,00 (um pouco salgado na minha opinião).

Outro ponto interessante que presenciei no dia que fui é em relação à chuva. Por ser inteiramente aberto o terraço, em caso de chuva a casa disponibiliza diversos guarda-chuvas para os clientes.

MUSICAS/SHOWS/ PALESTRAS
Bom pessoal, com relação as musicas a casa apresenta alguns projetos inovadores e diferentes que, em síntese, envolvem releituras, musicas, poesias, e filmes. Como ela abre esporadicamente, obviamente eles também não apresentam uma programação, mas separei alguns dos últimos eventos que eles fizeram para vocês terem ideia de como funfa:
– Trovadores do Miocárdio – Um dos espetáculos que mais ocorre na casa. Trata-se de uma apresentação com diversos artistas (como Xico Sá, Fausto Fawcett, Junior Barreto, Luiz Leprevost, Rodrigo Carneiro, Carolina Fauquemont e Jean-Pau Beu Mondo) falando, cantando e recitando sobre o amor diluída em crônicas
– Design total – por Celso Longo – Debates sobre a ideia do controle do caos e universalizar o discurso visual baseado em analise dos projetos do escritório de design.
– Curumim –  Interpretação ao vivo de Stevie Wonder
– Cine Farol – noite com filmes drinks e debates –Filmes que já participaram: – ilegal – a vida não espera –             conversa com os diretores do filme
– Junho – o mês que abalou o Brasil – conversa com os diretores do filme

BANHEIRO
Também no 4° andar, desta vez a direita das escadas, temos o Banheiro. Não há muito o que falar deste banheiro com exceção da porta. Nesta consta um longo texto …
Antes de lamentar a fila do banheiro, considere que:
Enquanto você lê isso você está viajando a 220 km por segundo através da galáxia.
Os átomos do seu corpo são 99,99999999% vazios e foram gerados na barriga das estrelas.
Humanos tem 46 cromossomos, 02 a menos que uma batata comum.
A existência de arco Iris depende dos fotorreceptores caniços dos seus olhos.
Para alguns animais sem este equipamento, ele não existe.
Você não vê um arco-íris.
Isso é muito interessante.
Principalmente se você considerar que todas as cores que você enxerga,
representam menos que 1% do espectro eletromagnético.

O texto fica disposto de uma forma que ocupa a porta inteira e até você chegar no final já se passaram um belos minutos.. suficientes para você estar bem próximo da sua vez…. Gostei da tática…
Também comecei a respeitar muito mais as batatas depois deste dia! hahaha

PONTOS POSITIVOS
– Lugar “secreto” poucas pessoas conhecem.
– Ampla visão do centro da cidade
– Musica/ projetos diferenciados

PONTOS NEGATIVOS
– Abre eventualmente – É necessário ficar de olho nos face/instragram para garantir o seu ingresso
– Preços um pouco salgados
– O horário da casa, por estar em uma região com alguns prédios residenciais em volta, é um pouco restrito. Abre umas 7:30 e vai até 1h mais ou menos.

.
Espero que gostem
Beijos e Abraços
Pedro/ Xico

Nenhuma resposta to “A BALSA”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: